Bequimão fica de fora do Pacto pela aprendizagem

Bequimão foi o único município maranhense localizado no continente que não aderiu ao Pacto pela Aprendizagem, lançado pelo governador Flávio Dino. O programa prevê a cooperação entre Estado e municípios para melhorar os indicadores da qualidade da aprendizagem.

Cerca de 500 articuladores pedagógicos regionais e municipais de 215 municípios participaram, na tarde desta quarta-feira (28), da abertura do 1º Seminário Formativo do Pacto pela Aprendizagem e Adesão à Busca Ativa Escolar, que tem como objetivo consolidar o Regime de Colaboração entre o Governo do Estado e os municípios.

Não é de hoje que a educação é tratada com desprezo pelo prefeito de Bequimão. Em 2016, mais de dez escolas foram fechadas no município. A medida foi denunciada pela oposição. De nada adiantou.

Mais recentemente, as aulas começaram com atraso no município. Os alunos e pais reclamam da precariedade dos serviços de transporte. Ônibus quebrados, sucateados põem em risco a vida das crianças e adolescentes.

Na semana passada, os vereadores Valdenor, Raquel Paixão, Fredson e Danilo fizeram vistoria na garagem do município e constataram o abandono e a falta de manutenção dos veículos. Não é de estranhar, pois, o desdém do prefeito de Bequimão com a educação. Uma lástima!

Deixe uma resposta