Esposa de Paulynho Paixão muda a própria versão sobre agressão do marido e fala em ‘discussão de casal’

A esposa do cantor Paulynho Paixão, Tayanne Costa, mudou a própria versão de agressão do marido que registrou na madrugada deste domingo (11), na cidade de Bacabal. De acordo com o registro policial, ela apareceu na delegacia pedindo ajuda porque teria sido agredida fisicamente pelo marido.

Segundo a PM, ela alegou que Paulo arremessou uma cadeira na altura de sua cabeça e também a teria espancado com chutes e socos. Tayanne também estava com um corte na cabeça e precisou fazer curativo no hospital. Ainda na Delegacia de Bacabal, uma equipe da TV Mearim questionou Tayanne sobre o ferimento e ela disse que o corte foi causado por Paulo.

Paulynho Paixão foi preso em um hotel em Bacabal após denúncia de agressão por parte de sua esposa — Foto: Divulgação/Polícia Militar
Paulynho Paixão foi preso em um hotel em Bacabal após denúncia de agressão por parte de sua esposa — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Por conta da denúncia, Paulynho Paixão acabou preso, mas pagou fiança e foi liberado. Nesta segunda (12), a equipe do cantor publicou, na rede social de Paulynho, versões diferentes do que foi registrado na delegacia.

“Houve uma discussão entre o artista e sua esposa no quarto do hotel em que estavam hospedados, ambos estavam alterados e durante a discussão a Sra. Tayane se acidentou em um móvel, causando um pequeno corte em sua cabeça. Não houve agressão física conforme relatado nas matérias veiculadas. Pelo fato da hospedagem da equipe ser ao lado da delegacia, ambos foram prestar esclarecimentos e já havia uma equipe jornalística presente cobrindo outro caso e acabaram registrando imagens da presença de ambos no local. Ambos prestaram seus depoimentos, foi realizado exame de corpo delito e foram liberados”, diz a nota da equipe do cantor.

Na mesma publicação, Tayanne Costa fala em um vídeo e muda parte da versão contada aos policiais e registrado na Delegacia de Bacabal.

“Não teve pontapé, nem socos. Não teve nada disso. O que teve foi uma discussão entre um casal, em que ambos estavam alterados e ambos jogaram os pertences no chão em um momento de raiva. Aonde que vai quebrar a cabeça de uma pessoa e ela estar viva? A questão da delegacia é que o hotel que a gente tava era do lado da delegacia. No momento da raiva eu fui parar na delegacia. Tinha um pessoal de uma reportagem lá filmando outro caso. E aí, quando viram que estava relacionado ao Paulinho Paixão, vieram pra cima”, diz Tayanne no vídeo.

Deixe uma resposta