Rubens Júnior afirma que Bolsonaro na Câmara era campeão de tirar fotos

O deputado federal reeleito Rubens Pereira Júnior (PCdoB) comentou em entrevista ao programa Os Analistas, na TV Guará, sobre o segundo turno da eleição presidencial no Brasil disputada entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

Primeiramente, Rubens elogiou o seu colega de partido, o governador Flávio Dino, chamado por ele de o grande campeão das eleições 2018 no Maranhão. “O grande vencedor das eleições 2018 foi o governador Flávio Dino. Pois ele venceu no 1º turno, além de ter visto todos os seus aliados perderem nas urnas”, afirmou.

Além disso, elogiou a postura de Flávio Dino no segundo turno das eleições federais com uma campanha forte em favor de Haddad, sendo figura central na caminhada realizada no último domingo (21) em São Luís.

“No segundo turno você não vota, você veta”, afirmou. “Por isso os eleitores devem votar contra aquele que é pior para o país. Por isso não podemos deixar de apoiar um candidato contra outro que prega o fim da democracia”.
O deputado também comentou a atuação do Poder Judiciário nesta celeuma toda criada após declaração do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) que poderia fechar o STF.

“O Poder Judiciário foi criado para defender a minoria, já que a maioria se impunha pela força. Mas já passamos desta fase. Agora é preciso um Poder Judiciário forte e que responda a todas as provocações da sociedade e não se intimide por um cabo ou soldado”, declarou.

Por fim, Rubens Júnior explicou que o deputado federal Jair Bolsonaro nunca teve um papel tão forte nas discussões e votações dentro da Câmara Federal. “Bolsonaro é um deputado irrelevante dentro da Câmara. Só tem uma coisa que ele é bom, é campeão de tirar foto, juntamente com o Tiririca e o Pastor Marco Feliciano”, afirmou.

Deixe uma resposta