Zagueiro maranhense briga por vaga na seleção para Copa de 2022

Um dos maiores desafios do técnico Tite é renovar o setor defensivo neste novo ciclo. No entanto, a zaga costuma ser o setor onde a média de idade das equipes é mais alta, devido a responsabilidade e a necessidade de experiência.

Com Marquinhos puxando a fila de olho na Copa do Mundo do Catar, o treinador tem alguns desafios, principalmente porque a dupla usada na Rússia, caso dispute mais um Mundial, chegará com 38 anos de idade.

É difícil imaginar que Miranda e Thiago Silva possam fazer parte do plantel na competição. Sabendo disso, Tite já busca opções, na última convocação, por exemplo, deu oportunidade para Pablo, do Bordeaux-FRA, o jogador campeão brasileiro pelo Corinthians tem 27 anos.

Ele também deu chances para Felipe, do Porto, zagueiro que já estava no radar da comissão técnica antes mesmo da Copa do Mundo da Rússia. Mas quem desponta mesmo como grande favorito a conseguir uma vaga é Dedé. O zagueiro do Cruzeiro assumiu o posto de melhor do Brasil e tem em Tite um grande admirador.

Para os confrontos contra Arábia Sáudita e Argentina, Dedé só não foi chamado por conta de um compromisso do treinador em não levar ninguém que estivesse envolvido com a possibilidade de disputar a final da Copa do Brasil.

Deixe uma resposta